Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

sardinhaSemlata

Um espaço de pensamento livre.

sardinhaSemlata

Um espaço de pensamento livre.

16.04.24

Iémen: O impacto de uma guerra na pérola do Médio Oriente


Bruno

Imagem: Bruno Nunes dos Santos   O céu estrelado não varia, seja qual for o lugar onde estejamos. Yukio Mishima, in "Vida à Venda"   Nos últimos anos, a guerra no Iémen tem vindo a perder a atenção internacional e consequentemente a imagem do seu impacto devastador. O que em tempos foi um dos mais belos países árabes, conhecido pelo inigualável património cultural e paisagens deslumbrantes, tornou-se agora um campo de batalha de destruição e desespero. O conflito em curso (...)
15.04.24

Eu, "Dono de Casa" Me revolto...


Filipe Vaz Correia

        Durante esta semana que passou fui surpreendido com a apresentação de um livro, "Identidade e Família", que contou com a presença de Pedro Passos Coelho assim como várias figuras destacadas de uma nova, velha, direita. Sinceramente foi para mim uma tremenda desilusão... Felizmente um amigo arranjou-me o livro, e apesar de ainda não o ter lido na sua totalidade, as citações já nos levavam para um caminho promissor. Aliado a estas pérolas que iam chegando fui (...)
11.04.24

Em busca da família...


UmAnónimo

Depois dos Portugueses de bem, temos a defesa da família tradicional. Tudo bem, sou sempre a favor das tradições. Defendo a sua manutenção, Vivam as tradições. E, como sou pelas tradições, sou também pelas famílias tradicionais. Defendamos as famílias tradicionais. Mas antes de iniciarmos a sua defesa, temos que saber duas coisas. O que estamos a defender, e de quem? Comecemos pelo início. O que é família? Uma rápida pesquisa leva-me ao Ciberdúvidas, do ISCTE, que me (...)
09.04.24

Em Agrigento com o حَمْزَة


Bruno

Imagens: Bruno Nunes dos Santos   Para se conversar não é preciso que o outro diga nada (...) uma conversa é um nada de estar só em voz alta. Vergílio Ferreira, in "Signo Sinal"   Com a arraiada a fazer-se anunciar pelas vidraças do Charles de Gaulle, deixava-me descair na cadeira junto à porta de embarque para Palermo. A espera ainda era longa e queria estar totalmente reposto para aguentar a amizade (e a conversação à velocidade da luz) de uns grandes amigos que me esperavam (...)