Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

sardinhaSemlata

Um espaço de pensamento livre.

sardinhaSemlata

Um espaço de pensamento livre.

08.10.21

Apologia do autoritarismo


JB

  Gosto de embirrar, sempre gostei. Aprecio mudar de opinião e poucas coisas me entusiasmam como uma troca mais acesa de palavras. Hoje poderia falar do ex-Juíz autoritário  e de como é positivo para todos nós enquanto sociedade que uma pessoa assim não esteja em nenhum cargo de poder. Resolvi não fazer isso. Farei precisamente o oposto, hoje farei uma breve apologia do autoritarismo. 
 Não me atrevo a contrariar tudo o que já aqui escrevi e disse noutros sítios, não vou defender um autoritarismo político ou qualquer outro regime que não seja o democrático. Falo de um autoritarismo a uma escala mais pequena, permitam-me exemplificar com a estória dos dois pais:

 -Um era um pai autoritário, dizia aos filhos o que fazer e eles faziam. Não dava explicações nem lhe eram pedidas. O Pai número dois era mais moderno, explicava aos filhos os seus motivos e tentava que eles o compreendessem. 
  Ambos os pais querem que os filhos visitem o respectivo avô aos domingos. 
  O pai número um resolve facilmente a coisa, diz aos filhos 'Aos domingos vamos visitar o avô.' e pronto. Os filhos podem não gostar, achar injusto, criar resistências, mas vão e não se fala mais nisso. Não dá aso a grandes angústias. Para o pai número dois é mais complicado. Ele explica aos filhos que o avô gosta muito deles, mas que eles não são obrigados a ir. Só vão se quiserem mas que ele gostaria muito que fossem, eventualmente até ficaria triste se não fossem. Esse vai complicar a vida dos filhos, os filhos se forem minimamente inteligentes vão perceber que não têm grande opção. Ao contrário dos filhos do pai número um, estes nem sequer podem dizer que não querem ir, pois isso iria entristecer o pai, são 'obrigados' a dizer que querem ir ver o avô, mesmo que seja mentira.

  Não é muito mais perversa a atitude do pai número 2? Mesmo que bem intencionada?

  Não será mais problemático para os filhos?

 O autoritarismo ganhou?!?

  Olho para o que se passa no mundo à nossa volta e penso se este pequeno exemplo nos ajuda a perceber alguma coisa. será que alguns ainda sentem a falta desse pai autoritário que nos diz o que fazer e a única explicação que dá é: 'porque é o que te estou a dizer e mais nada.'. Suponho que esses votaram no Trump e no Bolsonaro. É mais simples, não cria angústias. 
  Compreendo esse saudosismo do pai autoritário. Hoje em dia sou da opinião que, neste exemplo que dei da visita ao avô o pai autoritário é o melhor pai. Acontece que infelizmente para todos nós, já não somos crianças. Agora já somos adultos e por muito bem que esse hipotético pai autoritário possa fazer ir procurar uma figura com esse perfil autoritário para uma posição de poder acaba sempre mal. Sempre.

 Resumindo a divagação de hoje, autoritarismo sim, mas com moderação e só em casa.

 

JB

 

 

4 comentários

Comentar post