Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

sardinhaSemlata

Um espaço de pensamento livre.

sardinhaSemlata

Um espaço de pensamento livre.

12.09.20

Caldeirada Com Todos... “Dionizo Cabaré”


sardinhaSemlata

 

 

 

0A92311B-420F-45FF-A001-F070C8067FCD.jpeg

 

 

 

O mundo é muito engraçado, todo mundo queria reduzir o plástico.

E agora tudo muito dramático, é um na cara e outro no calçado 
As tartarugas, coitadas, continuam a morrer sufocadas
Porque o lixo amarelo é produzido em larga escala
De verde essa solução só tem a cor da máscara 

Que está sempre a esconder uma cara sarcástica 

Não se fofoca mais fazendo leitura labial 
E essa porra sufocante faz-me as vezes passar mal 
Que tempos são esses que eu não posso nem mais passar a mão em lugares de limpeza duvidosa e meter na boca

Que tempos são esses que eu não posso nem mais espirrar, encher a mão de catarro e sacudir para espalhar pelos lugares onde as pessoas vão passar a mão e meter na boca

Que tempos são esses que eu tenho que lavar a mão o tempo todo mesmo depois de ficar o dia inteiro coçando o escroto com a pontinha da unha do mindinho que eu deixo crescer de propósito e meter na boca
Que tempos são esses! Que tempos são esses!
Seus imorais asseados! 
Asseados e a reacionários!
Só porque o vírus mata a mil eu vou ter que perder minha liberdade?

Se eu não beber uma cerveja na rua eu vou mudar minha identidade! 

Seus asseados! Imorais! 
Querem ir pra festas como se fossem imortais!
Asseados!

Festas sim! Porque saíram das casas noturnas e foram para as ruas.
Essa é a verdade nua e crua, sem firulas! 
O governo acha que o mundo é um maniqueísmo
Mas no fundo sabemos que eles não querem perder turismo
Não está errado, é assim que funciona o capitalismo 
Ele sempre matou, sempre vai matar, e nem precisa de imperialismo 
Também não vamos falar de comunismo e socialismo
Porque de esquerda a direita ninguém explica esse conformismo
Nossa diversão vale mais do que a proteção, essa é a verdade 
Colocamo-nos em risco e aceitamos a maldade
Seus asseados! Vírus maldito! Devolva minha liberdade!
Ficar em casa eu não quero mais não!
Porque só as vozes da minha cabeça já são uma aglomeração
O jeito é ficar de hipocrisia na internet 
Fazendo um ativismo bué mequetrefe
Compartilhando “fiquem em casa” e bebendo uma cerveja na calçada
Quem nunca fez isso que leve um tapa na cara
Seus asseados!

 

Dionizo Cabaré

 

 

 

2 comentários

Comentar post