Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

sardinhaSemlata

Um espaço de pensamento livre.

sardinhaSemlata

Um espaço de pensamento livre.

24.04.22

Discutir argumentos


O ultimo fecha a porta

278282872_10220105063649322_8224263210040681189_n.

Sobre a guerra na Ucrânia, numa coisa estamos todos de acordo: esta deveria ser evitada e a vida de milhares de inocentes deveria ter sido poupada. Podia ser qualquer um de nós.

Esta semana, o presidente ucraniano veio virtualmente ao nosso parlamento. Algo nunca antes visto e perante uma empatia coletiva e moda das nações em ter o novo herói nos seus parlamentos.

Um partido recusou estar presente. Tem todo o direito a fazê-lo bem como eu, como cidadão, tenho o direito de discordar dos argumentos usados.

 

Quando a  senhora comunista argumentou primeiramente que não queria alimentar guerras nem dar protagonismo aos intervenientes, já não concordei muito porque há intervenientes que têm de ser protagonistas e esse palco tem de ser dado. Mas ok, lá engoli.

 

Quando avançou na sua frase para o segundo argumento fiquei chocado: "Zelensky “personifica um poder xenófobo e belicista rodeado e sustentado de forças de cariz fascista e neonazi”. Ora esse é precisamente o argumento do agressor. O Partido Comunista na minha opinião parece estar a fica cada vez mais isolado, teimoso e preso nas trevas. 

Será que os eleitores do partido se revêm neste discurso? Tenho a certeza absoluta que não.

 

Eis, mais uma vez um dos problemas da política atual e que justifica o desinteresse da população: os partidos esquecem-se que representam o povo e não os seus interesses próprios. Quem elegeu deputados no PCP foram eleitores que lutam pelo sindicalismo, aumentos na função pública e melhores condições de trabalho. Jamais seria para apoiar um regime autoritário e que dá ordens para violar bebés e crianças numa guerra sem razão.

Honestamente e reconheço a minha ignorância, ainda não percebi o que o PCP ganha com este discurso.

Se era para ter este triste e infeliz argumento, ainda bem que o PCP só elegeu 6 deputados.

11 comentários

Comentar post