Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

sardinhaSemlata

Um espaço de pensamento livre.

sardinhaSemlata

Um espaço de pensamento livre.

10.07.20

E o verão, vai ser a gosto?


JB

 

 

Antes de dizer qualquer coisa, quero pedir desculpa ao Quim Barreiros por ter roubado o trocadilho para o título, mas espero que seja encarado como uma homenagem ao grande artista e à sua intemporal obra.

Agosto está a chegar. O Covid já chegou. Seremos mais cautelosos? Pelo que vejo à volta, até pelo meu próprio estado de espírito, não me parece que cautela esteja na ordem do dia... Vou tentar explicar porquê:

Porque o verão é mágico e é a melhor estação de todas.

Vem aí o verão, esse agente produtor de memórias e experiências únicas para todos e todas. Nenhuma outra estação consegue competir com a magia do verão.

O meu caro leitor(a) dirá: E a beleza do inverno? A nostalgia do Outono? A promessa da primavera?

Não interessam nada, quando comparados com a magia do verão; as experiências do verão; o significado do verão. Falo, enquanto europeu, ibérico e português. Creio que se vivesse no Pólo Norte o verão não teria este significado todo, bem entendido.

Verão, inicialmente começou por ser sinónimo de praia, mais tarde de férias, depois de férias com amigos, depois de férias com amigo e amigas, depois de reencontros, de rituais, de família.

Na realidade, não há estação que se lhe equipare. Já sei que muitos irão dizer 'eu gosto mais do inverno' ou esta ou aquela estação. Lamento: estão errados. Não é uma questão subjectiva e existem respostas certas e erradas. Se a resposta à pergunta 'Qual é a melhor das quatro estações?' Não for 'Verão', então a resposta é errada.
Foi por ser verão, que em criança, avós primos e tios estávamos todos juntos naquele quintal, os primos naquele barco estranho em cima da relva com os tios a atirarem baldes de água. Foi por ser verão que estava na praia da Foz, que vi a moreninha mais bonita do mundo num bikini cor de laranja e descobri que queria ter descendência (nessa altura ainda era muito católico). Foi por ser verão que fui às festas locais, levei o meu primeiro murro e percebi que era imortal (mais tarde voltei a perceber que afinal não era). Foi por ser verão, que fui passar férias com amigos ao Algarve e um decidiu caminhar numa passerelle e interromper um desfile que estava a acontecer, ser expulso por um segurança e eu nunca me ri tanto na vida (e eu rio-me muito, basta pensar nisto). Foi por ser verão que saí de Portugal pela primeira vez e conheci tantas nacionalidades diferentes. Foi por ser verão que apanhei a minha primeira bebedeira com um primo. Tanta coisa, tão maluca e tão saudável ao mesmo tempo.

E as suas melhores recordações, não são todas do verão? A esmagadora maioria das minhas, é.

Só benefícios o verão. Mata o bicho, diz que o calor é inimigo do Covid e é a altura saudável para se ser maluco. Espero ter apresentado um caso convincente e que não restem dúvidas sobre a qualidade das 4 estações. Já sei que me podem acusar de estar a querer agradar o verão, só porque ele está aí a chegar e não quero que ele me desiluda. Inconscientemente talvez seja verdade. Admito que tenho alguma expectativas para este, como tenho sempre. Para o ano, o que me irei lembrar deste verão?

Viram? Esqueci-me completamente do Covid, é esse o perigo!

 

 

JB

  

16 comentários

Comentar post