Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

sardinhaSemlata

Um espaço de pensamento livre.

sardinhaSemlata

Um espaço de pensamento livre.

28.09.20

Eleições Americanas... “O Tiro De Partida”


Filipe Vaz Correia

 

 

 

9FE8F0B6-4632-4D36-B64B-40B098E512BC.jpeg

 

Aproximam-se as eleições Americanas, sendo que o primeiro debate é esta semana, numa das mais estranhas e fracturantes disputas eleitorais de que há memória.

Não tanto pelo número apertado de votos, julgo que será impossível repetir a disputa Al Gore/ George W. Bush, no entanto, estas eleições viverão de um tempo inusitado onde o inimaginável toma forma, onde o impensável se constrói.

Joe Biden estará de um lado e de outro estará Donald Trump, só esta formulação seria bastante para arrepiar os cabelos de Republicanos Conservadores de tempos idos, porém parece que vivemos numa realidade paralela.

Aprendi a gostar de política, apaixonado pela figura de Ronald Reagan, esse mítico Presidente Americano, um político que representava, melhor do que ninguém, o "velho" Partido Republicano num misto de conservadorismo e elegância, de tradição e decência.

Tudo isso se perdeu...

O Partido Republicano que me acostumei a admirar desapareceu, sendo nestes dias uma miragem distante, dando lugar aos novos tempos de um Tea Party que se apoderou da estrutura partidária e dos seus lugares.

Olhando para o retrato que se afigura real, arrepia-se a alma dos que anteriormente se apresentavam como figuras cimeiras, McCain, Bush Pai, Ronald Reagan, Colin Powell, entre tantos outros...

Por estes dias sobra a triste realidade de One man Show num Reality Show de péssima qualidade, onde o discurso se confunde com ofensas, onde a palavra se contradiz mentira após mentira.

Por agora se diminui o Vírus que enfrentamos, se vendem feijões em plena sala oval, se calunia desmedidamente os opositores e até se ameaça com o desrespeito pelo resultado eleitoral...

Clama-se ao eleitor que vote duas vezes, que impeçam outros de votar, que se desrespeite qualquer tipo de expressão dessa "ultrapassada" dimensão Humana.

Enfim, um cenário de tristeza e desolação, de imenso vazio que ameaça esventrar essa imensa nação, Estados Unidos da América.

Tenho uma esperança imensa na vitória de Joe Biden, nesse arregaçar de mangas de todos os que se importam com o futuro em jogo nestas eleições, sabendo bem que uma parte dessa América  estará ao lado de Trump e deste perigoso jogo que o actual Presidente faz...

Uns contra os outros numa batalha "sangrenta" como há muito não se via.

Temo por isso que estes debates sejam do mais sujo que alguma vez assistimos, nesse lamaçal onde Donald Trump se sente em casa, respingando lama para todos os que com ele se cruzam...

E como não será difícil imaginar, arrastando para essa lama todos aqueles que não estão habituados a esse mundo carregado de sujidade.

Para dar um exemplo:

Fica esta imagem que se encontra no inicio deste texto e que serviu para que o filho mais velho de Donald Trump e seus apoiantes acusassem Joe Biden de pedofilia...

O que omitiram, propositadamente, foi que a imagem é do enterro de Beau Biden, filho de Joe Biden, e a criança é o neto do candidato Democrata.

É disto que estamos a falar...

LAMA, SUJIDADE, INDECÊNCIA.

Que saudades de Reagan, McCain, George Bush e tantos outros...

Que saudades do "velho" Partido Republicano.

Boa sorte Joe Biden...

Aqui está alguém que deseja a sua, de todos nós, vitória.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.