Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

sardinhaSemlata

Um espaço de pensamento livre.

sardinhaSemlata

Um espaço de pensamento livre.

14.06.21

Eriksen: Para Lá De Um Jogo De Futebol...


Filipe Vaz Correia

 

 

40F0B4D0-2F8B-4A55-920B-26D9B8606731.jpeg

 

 

 

Um segundo, um minuto, um intemporal momento que pode mudar o destino de um comum mortal...

Foi isso que aconteceu neste sábado no Finlândia vs Dinamarca, aquando da queda desamparada de Christian Eriksen no relvado, inanimado, desabitado corpo de uma alma.

Os médicos entraram em campo, a rapidez de todos mudou a história, a "sorte" amarrou cada instante de tão desafortunado momento.

Nesta noite de Domingo vi uma reportagem na SIC Notícias sobre Mikhlos Féher, aquele fatídico momento no Estádio D. Afonso Henriques...

Onde tanto pareceu semelhante mas tudo foi diferente.

Eriksen morreu mas foi ressuscitado às mãos dos médicos que o socorreram, Féher morreu mesmo...

Somos de facto uma singela poeira que se acumula, tempo após tempo, nas partituras de tantas almas, de destinos reescritos a cada segundo, em cada partida, a cada chegada.

As imagens do Finlândia/ Dinamarca impressionaram-me, deixaram em mim esse tremor de medo que nos faz refém, a todos os comuns mortais, nas entrelinhas dos 29 anos de Eriksen, na sua juventude, no seu lado profissional como atleta...

Nessa fragilidade plasmada na triste realidade sobra o tremor de cada palavra, esse entrelaçar de um jogador mal acordado numa maca, com a mão na testa, tentando concentrar o olhar nesse futuro que o deverá atemorizar.

Eriksen está vivo!

Só isso já deverá ser o bastante para nos deixar a todos felizes, não é o comum em casos como este, no entanto, perdido entre estas palavras, nesse desejo de um final feliz, sobra esse querer maior...

Que todos os atletas que sucumbam como Christian Eriksen possam regressar dessas trevas que a todos ameaçam, sobrevivendo a uma morte certa.

Só essa certeza já seria uma intemporal vitória.

Por fim, um adeus  a Neno, esse guarda redes do Vitória, do Benfica, de Portugal e que cantando Júlio Iglésias se tornou num dos rostos de todos nós...

Simplicidade e simpatia num puzzle maior do que a alma.

Enfim...

Show Must Go On.

 

Filipe Vaz  Correia

 

 

 

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.