Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

sardinhaSemlata

Um espaço de pensamento livre.

sardinhaSemlata

Um espaço de pensamento livre.

07.03.24

Farto de claques


UmAnónimo

(Imagem furtada ao JN)

 

Ontem, mais uma vez, com a desculpa de apoiar equipas de futebol, ouve pancadaria nos Restauradores. Supostamente adeptos do Rangers e adeptos da Atalanta. Mais, uma vez, assistindo ao triste espetáculo, pergunto-me o que terá isto a ver com futebol.

Farto de claques. Farto de ver energúmenos que, sob a desculpa do futebol, cultivam e procuram cenas de pancadaria e afins. Esfaquear, bater, destruir, é o objetivo de vida desta gente. Sem qualquer respeito pela propriedade privada, pela integridade física ou mesmo pela vida humana.

É urgente acabar com isto. Claques, casuals e toda a casta de idiotas que, movidos por um qualquer complexo de inferioridade da sua vida pessoal, acham que é normal andar a destruir e bater em tudo e todos. É urgente reprimir devidamente estes comportamentos. E acima de tudo, é urgente que os clubes (todos!) se demarquem deste tipo de gente. Que condenem as suas ações. Que ajudem a identificar e a erradicar este tipo de comportamentos. 

Permitam que o futebol (e os outros desportos) voltem a ser de todos. Que seja possível ir aos estádios com crianças ou amigos de clubes diferentes, sem receio. 

Não, a desculpa do apoio e do colorido nos estádios não justifica estas ações. As claques, tal como existem, não fazem sentido. Basta pensar nos três grandes. Violência, assaltos, droga, ameças...

É isto que queremos?

 

2 comentários

Comentar post