Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

sardinhaSemlata

Um espaço de pensamento livre.

sardinhaSemlata

Um espaço de pensamento livre.

06.08.23

Notas sobre a Jornada


O ultimo fecha a porta

IMG_20210719_204912.jpg

 

As Jornadas Mundiais da Juventude decorrem camuflando três coisas que vão acontecendo no país real:

i) incêndios ativos nas zonas de sempre, mostrando o falhanço do "planeamento" e da punição do fogo posto;

ii) os preços dos combustíveis numa escalada crescente asfixiando o povo - sobretudo o que precisa do carro para trabalhar;

iii) "grupos" continuam a agredir profissionais de saúde e de segurança por não querem cumprir as regras, sem que haja punição. O caso aconteceu em Moura, localidade que não é notícia pela primeira vez devido a comportamentos violentos e desviantes de "grupos".

 

Sobre as jornadas, quatro notas:

- Sucesso da operação a nível de segurança, logística e acolhimento. 

- Uma missa promovida pela comunidade LGBT foi interrompida por "ultra conservadores" (ou anarquistas), mostrando o preconceito e a falta de inclusão dos "jovens" atuais. Já no recinto, implicaram pelo hastear da bandeira da mesma causa. Fico triste pela falta de aceitação, bom senso e tolerância das pessoas que vão as estas jornadas. Fazem exatamente o contrário daquilo que vão ouvir do Papa.

- Um cartaz foi censurado pela Câmara de Oeiras. Uma câmara presidida por um homem que já esteve preso por corrupção, cumpriu e pena e agora vem censurar cartazes. O tiro saiu-lhe pela culatra dado o mediatismo que o caso teve.

- Um peregrino, na televisão, refere que as crianças se puseram a jeito para serem abusadas por padres. Nem todos pensam assim, mas vindo de um jovem faz-me perder a fé no ser humano.

 

5 comentários

Comentar post