Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

sardinhaSemlata

Um espaço de pensamento livre.

sardinhaSemlata

Um espaço de pensamento livre.

29.10.20

O que é ter Saúde?


Triptofano!

A Organização Mundial de Saúde (OMS) define saúde não apenas como a ausência de doença, mas como a situação de perfeito bem-estar físico, mental e social.

Assim à primeira vista esta definição de saúde até poderia ser bastante aceitável, porque falamos da ausência de doença, já que se estamos doentes não temos saúde certo?, e abordamos o indivíduo como um ser multidimensional, reconhecendo que tanto a parte física, como a mental e mesmo a social são ingredientes do mesmo bolo que é o ser-se saudável.

Só que na realidade, esta definição da OMS que já é velhinha o suficiente para ir ao Centro de Saúde e levar a vacina contra a gripe de borla, está completamente ultrapassada e não deve ser utilizada para definir o que é saúde, correndo-se o risco de se entrar numa daquelas falácias gigantescas.

Primeiro que tudo, como diriam os Ban, é surrealizar por aí quando se afirma que a saúde é a situação de perfeito bem-estar físico, mental e social.

Perfeito é uma palavra muito forte que faz pensar que dessa forma não há ninguém saudável neste mundo, porque mesmo que uma pessoa esteja fisicamente e mentalmente a 100% pode ter sempre um vizinho irritante que decida dançar sapateado às cinco da manhã. 

Em segundo, o facto de se considerar que uma pessoa que tenha uma doença não pode ter saúde. Isto deve-se muito ao binómio saúde/doença e à visão biomédica da coisa, que uma pessoa se tem A não pode ter B, e se tem B então é porque não tem A. Ora certamente que conhecem pessoas com patologias crónicas que se sentem saudáveis. E pessoas que estão frescas como uma alface acabada de ser borrifada e sentem-se doentes.

O conceito de saúde é algo extremamente subjectivo que varia de pessoa para pessoa, não podendo ser definido por meia dúzia de conceitos. A saúde tem implicações culturais, sociais, ambientais, e mais importante que tudo, pessoais, sendo que ter saúde é vulgarmente visto de uma perspectiva profissional, quando na realidade deve ser encarada de uma forma muito mais pessoal.

Algo que devemos ter em conta quando falamos de saúde e doença é que não estamos a referir-nos a dois pólos completamente opostos, onde uma pessoa ou está doente ou está saudável. Estamos a abordar sim uma linha, um continuum, onde a pessoa flui de um lado para o outro, como aqueles barquinhos dentro das canetas promocionais, que se uma pessoa vira para um lado ele vai para o outro!

E agora vocês perguntam, então o objectivo é estarmos em equilíbrio não é?

A resposta é não, por mais estranho que pareça neste continuum nós estamos sempre em desequilíbrio, não estamos estagnados qual concorrente do Big Brother que só foi lá para se queixar que não há Coca-Cola, estamos sempre a ser afectados pelos stressores da vida que nos querem mandar para o lado da doença e nós, quais pessoas lutadoras, arranjamos mecanismos para lidar com as pedras que a vida nos dá e construímos um spa com massagistas tailandeses, aproximando-nos outra vez do lado da saúde!

Pensando nisto, o que é para vocês então ter saúde?

4 comentários

Comentar post