Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

sardinhaSemlata

Um espaço de pensamento livre.

sardinhaSemlata

Um espaço de pensamento livre.

18.02.24

Os vídeos saudáveis


O ultimo fecha a porta

O algoritmo do Instagram identificou o meu perfil como alvo para anúncios de exercícios físicos e alimentos. Na sua maioria, são professores de ginásio (ok, PT's que é mais comercial) e nutricionistas. Geralmente são dicas de como fazer determinado exercício ou alimentos saudáveis em 30 segundos (os reels).

Surpreendeu-me um desses vídeos em que anunciava um conjunto de refeições possíveis de fazer até 10 Euros. Sugeria o rapazinho uma embalagem de conserva de carne bolonhesa de marca branca.

Nem sabia que isso existia.

Ora, mandam as nossas mães e pessoas experientes na vida (que não fazem vídeos no Instagram) que sempre que se compre carne picada, se peça o funcionário do talho para picá-la à nossa frente. O mesmos e aplica aos hambúrgueres. Não só para vermos o estado da carne, mas também para evitarmos pagar "gato por lebre". Além disso, sabemos que as latas de conserva têm conservantes e outros "antes" e que se devem evitar, pelo menos como primeira solução. Além disso, podem temperos que nem sabemos o que está lá no meio.

 

Foi mais forte do que eu e questionei o "PT" sobre as minhas dúvidas sobre quão saudável seria carne bolonhesa enlatada. A resposta foi a de que era barato e que não dava trabalho a cozinhar. Outro socmentários posteriores questionavam o mesmo, os quais já não obtiveram resposta. Não fui o único a reparar.

 

Hoje, qualquer um, faz vídeos a promover o seu trabalho e o seu ego, mesmo que não perceba nada do que diz, contribuindo para a desinformação de quem vê. Quem se propõe a vender saúde, não pode anunciar "saudável" nos vídeos e quando confrontado dizer que afinal é para desenrascar. 

E aqui fica a lista de ingredientes do "saudável":

ingredientes.JPG

 

3 comentários

Comentar post