Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

sardinhaSemlata

Um espaço de pensamento livre.

sardinhaSemlata

Um espaço de pensamento livre.

26.10.20

Pablo Casado: “La Declaración De Un Líder”!


Filipe Vaz Correia

 

 

 

 

Pablo Casado, o líder do PP Espanhol, teve esta semana uma actuação que certamente marcará o destino da sua carreira política.

Durante 35 minutos, o líder do maior Partido da oposição, justificou porque razão iria votar contra a moção de censura do VOX, partido populista de Extrema-Direita.

Pablo Casado lançou fortes críticas ao VOX e ao seu líder, Santiago Abascal, pela utilização desta moção de censura durante este período de Pandemia em Espanha, com números cada vez mais alarmantes em toda a Europa...

Mas o que esperar de um partido demagógico e populista como o VOX?

A moção foi esmagada por todos os partidos, sobrando somente os votos a favor dos deputados do partido de extrema-direita, sendo desta forma a moção mais rejeitada da História da Democracia Espanhola.

Casado foi mais longe, caracterizando esta "moção de um gesto inútil que apenas leva a uma perda de tempo".

"É muito ruído e pouca substância como tudo aquilo que vocês fazem".

"Não é que nos tenhamos rendido ou sejamos cobardes, não queremos é ser como vocês."

"Não somos como vocês".

Ainda no seu discurso, Casado deixa claro que rejeita o " o ódio, a fúria e o barulho"  como forma de fazer política, num claro repúdio dos métodos adoptados por outros. 

O que quero enaltecer neste discurso é a capacidade de Pablo Casado, finalmente, ter entendido o risco que representam este tipo de partidos populistas para o Centro Direita e para a Direita tradicional...

Um perigo de contaminação e destruição de todo um espaço (a Direita) que se estenderá  àqueles que forem coniventes com estes tiques demagógicos.

Assim, na Quinta-Feira, nas Cortes Gerais Pablo Casado usou da palavra e nesses 35 minutos de discurso resgatou a decência e a esperança para uma Direita Espanhola que deseja chegar ao poder, sem ceder nos seus princípios e na sua dignidade...

Estou certo que este momentum ficará na memória das pessoas e que a Democracia e os Espanhóis saberão agradecer cada virgula deste discurso. 

 

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

 

 

9 comentários

Comentar post