Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

sardinhaSemlata

Um espaço de pensamento livre.

sardinhaSemlata

Um espaço de pensamento livre.

29.03.21

Quarto Escuro...


Filipe Vaz Correia

            O quarto escuro, tão escuro que ameaçava trancar nele todos os sonhos do mundo e transformá-los em pesadelos, secretos segredos que esvoaçavam ao longe num bater de asas que afugentava a realidade. Singelamente o mar ia chegando, secretamente ondulado, intensamente segredado, tão imensamente arrebatador. As palavras, sempre elas, flutuavam na crista da onda, como barcos flutuantes aguardando em cada praia, areal, a ligação perfeita para tamanho naufragar... Naufra (...)
27.03.21

Caldeirada Com Todos... “Jorge Almedina Loção”


sardinhaSemlata

            "Há muitos anos que deixei de escrever entorpecido por um tempo de amarras infiltradas na minha sedenta vontade de sofrença." Não são palavras minhas mas sim de um velho amigo que parava no café central de Garvão, Baixo Alentejo, em certo tempo de outros momentos. Quando o Filipe me pediu para escrever, apesar de não nos conhecermos somos ambos filhos de um Baixo Alentejo que nos marca, recordei as palavras acachapadas deste velho sábio entre copos de vinho nas (...)
31.10.20

Caldeirada Com Todos... “Malik”


sardinhaSemlata

            Bom senso   É preciso bom senso e sensibilidade para dar notícias de desgraça feitas.   Não é solução um mantra tremido em medo tecido.   Ruas desertas certezas incertas tempo adiado, remendos de esperança num mundo em mudança já meio infectado.   Valores alterados seres baralhados pânico instalado, vale a quarentena protecção pequena de um povo do fado.     Malik