Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

sardinhaSemlata

Um espaço de pensamento livre.

sardinhaSemlata

Um espaço de pensamento livre.

09.07.24

Seco Mané, um Soldado Português de uma Pátria Desaparecida em Combate.


Bruno

  Imagem: sábado.pt   A dor, às vezes, salva! Passa como um cataclismo e redime; a desgraça não, a desgraça pega-se e transe. Raúl Brandão, in "a Farsa"     Com a consciência de que no meio mediático e informativo pouca coisa sai sem uma intenção clara e por esse motivo também me tento abster, não me foi possível ficar indiferente ao caso de Seco Mané - não só pela situação em si, mas por um certo grau de revolta e de convívio com realidades pelas quais não passei (...)
05.12.23

Luzes de natal


Ana Mestre

Desde já, peço desculpa a quem gosta destas coisas natalícias. Todos sabemos, que nesta altura do ano, as cidades, vilas e aldeias se iluminam alegremente. Vemos árvores de natal enormes, todas iluminadas, uma alegria. Mas, essa alegria não será para todos. Confesso que nunca achei muita graça, mesmo em criança, nunca me fascinou esta prática. Bem sei, que para as empresas que fazem este trabalho, é uma época boa, que ajuda a quem muita gente trabalhe, e ainda bem que assim é, (...)
06.07.20

A Pobreza Ou O Reflexo De Uma Realidade Pandémica?


Filipe Vaz Correia

    No centro de Lisboa, onde moro, tenho notado um aumento de sem abrigo, uma percentagem maior de gente a pedir, na sua maioria gente jovem, de ar adoentado, diria mesmo, drogados. Se aglomeram à porta de supermercados, nas esplanadas de restaurantes... Uma consequência do Covid e dessa ausência de pessoas em alguns pontos mais turísticos da capital. Muitos que arrumavam carros ou se dedicavam a pedir pelos pontos mais turísticos de Lisboa, não têm agora pessoas para o seu (...)