Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

sardinhaSemlata

Um espaço de pensamento livre.

sardinhaSemlata

Um espaço de pensamento livre.

27.02.24

O Dia em que Abandonou a Polícia


Bruno

Imagem: Bruno Nunes dos Santos    Chi vive a contatto con il pericolo ha bisogno do comprendere il significato degli indizi apparentemente più irrilevanti, di interpretarli mediante un'opera costante di descodificazione. E questo vale per chiunque, poliziotto, masgistrato, criminale. Vincenzo Ceruso (citando Giovanni Falcone), in "Le Due Stragi che Hanno Cambiato la Storia D'Italia - Falcone e Borsellino, Da Capaci a Via D'Amelio".     O acejo apoderava-se já de Lisboa, uma Lisboa (...)
20.02.24

Uma outra pandemia: a Polarização


Bruno

Imagem: Bruno Nunes dos Santos - Cemitério Canadiano de Beny-sur-Mer (Normandia)   Nota prévia:a imagem é a última morada de um dos 19 soldados (no total são 2048) anónimos da 3ª Divisão Canadiana que a 06 de Junno de 1944 se dirigiu para Caen. Os anónimos podem fazer toda a diferença quer durante um conflito, quer para evitar o mesmo (o desejável). Muitos dizem que em guerra, ou até noutros conflitos, nem sempre são os mais corajosos que voltam e começam a construir novas (...)
19.02.24

Portugal não é um país violento...


Ana Mestre

é o  que dizem  os entendidos na matéria... Mas, a avaliar pelas notícias diárias... No meu tempo... quando havia uma briga, davam-se umas bofetadas, uns puxões de cabelo, um rol de asneiras e o assunto resolvia-se, agora puxam de uma faca, uma arma e mata-se sem dó nem piedade...  Mas, Portugal é um país sem violência, claro que sim...   Ana Mestre
13.02.24

As Empresas Públicas não são Verdadeiramente Públicas, as Empresas Privadas Sim


Bruno

Imagem: Bruno Nunes dos Santos - Atenas   Os recentes casos que envolveram algumas empresas públicas e as ingerências políticas nas mesmas, geraram alguma consternação e até conflitualidade junto da opinião pública. Todavia, é puramente falacioso crer que o facto de uma empresa pública – ou até (inter)municipal - não ser influenciada por um Governo ou partido é uma realidade.   No caso português, e não só, o simples facto de ser uma empresa pública permite que as (...)
12.02.24

Sporting: A Festa Do futebol


Filipe Vaz Correia

          Um hino ao futebol, este é o minimo que se pode dizer do jogo realizado pelo Sporting, na noite de ontem, no Estádio de Alvalade, num dia de chuva onde um menino da casa ousou voar, um antigo bracarense parecia ser mágico e onde um Sueco voltou a mostrar a sua capacidade para nos fazer sonhar. Rúben Amorim é um genio na forma como transformou o futebol do SCP, a sua mentalidade, dentro e fora do campo, entre jogadores e adeptos, entre a enfadonha realidade antes da sua (...)