Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

sardinhaSemlata

Um espaço de pensamento livre.

sardinhaSemlata

Um espaço de pensamento livre.

10.06.20

Por mares sempre navegados, ainda Adamastor


Sarin

Ser português é sentir na pele o fado da eterna saudade do mar.   Gosto destes versos. Parecem profundos, cheios, envolventes. Sendo meus, posso afirmar com absoluta certeza: são vazios. Porque ser português é definição pessoal, não identidade nacional. Aliás, que identidade nacional? A que suspira de saudade pelo império? Não é minha, certamente. A que se orgulha de 900 anos de História? É a minha História, trouxe-me aqui -  mas não me orgulho dela, na exacta medida (...)