Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

sardinhaSemlata

Um espaço de pensamento livre.

sardinhaSemlata

Um espaço de pensamento livre.

10.12.23

Um (João) Pinheiro Podre No Natal…


Filipe Vaz Correia



 

 

 

O meu Sporting jogou no sábado com o Vitória de Guimarães, numa partida apitada pelo senhor João Pinheiro, árbitro do primeiro escalão do futebol português...

O Sporting perdeu e perdeu "bem".

Como poderia o Sporting vencer se o árbitro do jogo era o dito Pinheiro?

Sinceramente existem vários tipos de árbitros, mas essencialmente duas categorias no futebol português, os que considero incompetentes e os outros que considero desonestos, não é de hoje pois o histórico no futebol português é gritante e flagrante...

No caso do senhor Pinheiro, posso assegurar, que talvez seja um caso em que creio ser uma mistura consagrada dos dois tipos.

João Pinheiro é claramente incompetente, ver jogo do Porto-Sporting em que expulsa Coates por duplo amarelo, em que o primeiro amarelo dado ao jogador Uruguaio é pelo simples facto de este ter sido pisado...

Repito, não pisou, foi pisado.

No entanto, tendo observando as suas vastíssimas exibições apitando o meu Sporting, tenho que confessar que acredito que este junta à primeira característica a tal parte desonesta que falei anteriormente.

Quem vê as suas exibições, a forma como condiciona, como "sabiamente" determina os factos do jogo, não pode crer se tratar simplesmente de incompetência.

Atenção que não posso afirmar que é corrupto, no sentido de receber algo em troca pelas suas fraquíssimas exibições, porém admito uma desonestidade intelectual, entrando determinado a prejudicar uma determinada equipa que no seu subconsciente está definida, isso parece-me evidente.

No último jogo salta-me à memória o acompanhamento do VAR nesta decisão criminosa e vergonhosa, sendo para mim ainda mais inacreditável compreender como terá sido possível que ninguém tenha visto que uma simulação estava a ser transformada numa grande penalidade.

Anotar que o jogador que tentou simular o penálti já tinha cartão amarelo, sendo que este seria o segundo e logo o levaria à expulsão...

Mais uma aula de como se muda o curso de um jogo.

Para terminar, questionar como o Conselho de Arbitragem não penaliza estes árbitros, adeptos de preto que apitam consoante as suas preferências, permitindo que apesar de bem pagos, profissionais, cometendo erros atrás de erros, jornada após jornada, estes se perpetuem na primeira liga sem que sejam despromovidos ou até irradiados.

Não servem,  vão-se embora e lancem uma nova geração ou mesmo anónimos impreparados pois piores do que estes não serão...

E mais, se por alguma razão existir receio de que anónimos impreparados possam depois influenciar os jogos pois o seu lado de adepto poderá vir ao de cima, deixem-me vos dizer que mesmo que isso aconteça pelo menos não se passarão por juízes imparciais, ungidos pela respeitabilidade da sua profissão.

E podem crer que talvez os ditos anónimos tenham um pouco mais de vergonha, dignidade e decoro.

 

Filipe Vaz Correia