Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

sardinhaSemlata

Um espaço de pensamento livre.

sardinhaSemlata

Um espaço de pensamento livre.

24.10.21

Desequilíbrios


O ultimo fecha a porta

Fomos supreendidos este dias por mais um investimento milionário num clube de futebol: o Newcastle. Várias coisas me apoquentam: - Vertente desportiva A competição fica desiquilibrada quando um clube tem mundos e fundos ao dispor do seu dono contra clubes que têm de viver com as suas receitas tradicionais como bilheteira, prémios de jogo e direitos televisivos. Os mais fortes comem os mais fracos. A regra do fair play financeiro é contornada via contratos de publicidade no montante (...)
17.10.21

O produto somos nós


O ultimo fecha a porta

"Quando um serviço é gratuito, o produto somos nós". Li esta frase a propósito da venda de informações pessoais pelas gigantes tecnológicas a "terceiros" seja lá eles quem forem.   Não é propriamente novidade. Até o próprio Sapo Blogs disponibiliza um relatório mensal com as características dos leitores dos nossos blogs. Porém, faz-nos pensar na vulnerabilidade da nossa privacidade e quais os fins não comerciais destas informações.   Já denunciada e muito grave é a (...)
10.10.21

Juízes


O ultimo fecha a porta

  Esta semana, foi anunciada a expulsão da magistratura do juíz negacionista que insultou polícias, num episódio medieval e inqualificável.  Polícias que por sinal estavam impávidos e serenos a ouvir desconsiderações - se fosse um mendigo, reagiriam da mesma forma? Adinate, uma expulsão que não é mais do que um despedimento. Haverá lugar a indemnização? Depende como se queria controlar os danos.   O despedimento era a única opção possível, mas fica a questão: que (...)
03.10.21

Abstenção


O ultimo fecha a porta

A abstenção política é aquela palavra que só se pronuncia no dia das eleições. No dia a seguir já se esquece. Todos somos consensuais que a temos de combater pela importância do voto nos destinos da nação e da nossa sociedade.   Nestas autárquicas tornamos a ter números elevados o que é preocupante. É um cliché mas é verdade. Existem "sempre" várias razões especificas: a data das eleições; a meteorologia - ou porque chove, ou porque está calor; agora é a pandemia. (...)
26.09.21

De bestial a besta


O ultimo fecha a porta

  Discutia-se estes dias a queda abrupta da popularidade de uma figura pública nas redes sociais. As consequências, além do ego, são os milhares de euros que as marcas pagam em publicidade para divulgação de produtos, eventos e tags.   Deixemos o gossip de lado e analisemos a volatilidade com o que o ser humano passa de bestial a besta. Ou na linguagem deste blog, de tubarão a sardinha. Uma decisão incompreendida, a falta de sensibilidade para até onde podemos pisar o risco (...)