Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

sardinhaSemlata

Um espaço de pensamento livre.

sardinhaSemlata

Um espaço de pensamento livre.

26.06.20

Vieira, Ventura e Machado


JB

DC779BA5-8C46-4914-8E3D-B9C638AF3330.jpeg

 


   

  Sempre se confirma. Não é anedota: uma Vieira, um Ventura e um Machado encontram-se numa avenida...

  Curiosamente, a avenida onde eles se encontram, não se chama Avenida da Xenofobia. Chama-se Avenida da Liberdade. Liberdade essa que lhes permite fazerem a ridícula figura que irão fazer. Para deleite de alguns ressabiados e mentecaptos que os apreciam. Atenção: não digo que toda a gente que apoia esta 'manif' é ressabiada e mentecapta. Podem alternar. Acho que as pessoas razoavelmente inteligentes que os apoiam (mais que razoavelmente inteligente já não acredito) são os ressabiados. Existem também os mentecaptos (gente incapaz de raciocinar além do 'soundbite') e aqueles que acumulam ambas as características. Há também uma série de outras características comuns a estes apoiantes mas estas são as mais transversais aos meus olhos.

  Se assim não for, alguém me explique. Qual o sentido, de um partido composto exclusivamente por caucasianos, acompanhado de uma atriz conhecida pelos polémicos post's xenófobos e ainda com o líder de um grupo neo-nazi irem fazer uma 'manif' a dizer 'Portugal não é racista'. Isto não é provavelmente a coisa mais estúpida de sempre? Alguém que não seja ressabiado ou mentecapto consegue defender isto? Se sim, que defenda nos comentários por favor que cá estarei para reconhecer que estou errado, se for caso disso.

  Exaspera-me ver estas odes à estupidez e ver pessoas que em tempos considerei e tive respeito a defender estes anormais, (anormal no sentido figurado, infelizmente são mais normais do que eu gostaria) .

  Uma coisa boa no meio disto tudo, estão identificados e não serão levados a sério. Pelo menos por mim (e espero que haja mais como eu). Três deles nunca foram (Maria Vieira, André Ventura e Mário Machado): a parrachita era actriz de comédia e teve o seu tempo de glória à conta de muitas pessoas que lhe deram a mão e a quem agora ela 'cospe no prato onde comeu'. Nunca a levei a sério, agora que lhe mudaram quem escreve os textos nem sequer tem graça. Ventura, outro palhaço mas ao contrário da parrachita é palhaço amador. Ficou conhecido por comentar futebol, ameaçar de porrada por email e acobardar-se ao vivo, prometer sob palavra de honra e não cumprir, dizer que abdicava disto e daquilo se fosse eleito e não abdicar: o típico 'Chico esperto', nunca enganou ninguém (que não seja mentecapto ou ressabiado, bem entendido).
  Finalmente e para compôr esta trindade, temos o Mário Machado. Alegado assassino e confesso neo-nazi. A ser verdade, a escumalha mais mal cheirosa da nossa sociedade. Quem se puser ao lado deles, está apresentado e faço já o meu diagnóstico selvagem. Mentecapto e\ou ressabiado que acha que os seus problemas e os do mundo são culpa dos outros. De preferência de minorias indefesas, ou pelo menos mais fracas.
  Toda a gente em Portugal percebe o absurdo disto, certo? Como dizia o Bruno Nogueira no "Tubo de Ensaio", isto é como se os taurinos fossem fazer uma 'manif' a dizer 'em Portugal não há carnívoros' , ou como se a Juve Leo, os No Name Boys e os Super Dragões se juntassem para dizer 'em Portugal não há claques'.

  Parece que já estou a ver, algum ser humano inspirado por esta ideia: irá para uma biblioteca e quando as outras pessoas estiverem a ler ele começará a gritar ininterruptamente- AQUI HÁ SILÊNCIO! AQUI HÁ SILÊNCIO!
  Eu estarei ao lado da pessoa que lhe puser firmemente a mão no ombro e lhe disser:

 - Só quando te calares, meu ganda estúpido.


JB

 

* adenda: imagem de Miguel A Lopes\Lusa adicionada a 27 de junho devido ao seu elevado valor simbólico.

45 comentários

Comentar post