Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

sardinhaSemlata

Um espaço de pensamento livre.

sardinhaSemlata

Um espaço de pensamento livre.

26.06.20

Vieira, Ventura e Machado


JB

DC779BA5-8C46-4914-8E3D-B9C638AF3330.jpeg

 


   

  Sempre se confirma. Não é anedota: uma Vieira, um Ventura e um Machado encontram-se numa avenida...

  Curiosamente, a avenida onde eles se encontram, não se chama Avenida da Xenofobia. Chama-se Avenida da Liberdade. Liberdade essa que lhes permite fazerem a ridícula figura que irão fazer. Para deleite de alguns ressabiados e mentecaptos que os apreciam. Atenção: não digo que toda a gente que apoia esta 'manif' é ressabiada e mentecapta. Podem alternar. Acho que as pessoas razoavelmente inteligentes que os apoiam (mais que razoavelmente inteligente já não acredito) são os ressabiados. Existem também os mentecaptos (gente incapaz de raciocinar além do 'soundbite') e aqueles que acumulam ambas as características. Há também uma série de outras características comuns a estes apoiantes mas estas são as mais transversais aos meus olhos.

  Se assim não for, alguém me explique. Qual o sentido, de um partido composto exclusivamente por caucasianos, acompanhado de uma atriz conhecida pelos polémicos post's xenófobos e ainda com o líder de um grupo neo-nazi irem fazer uma 'manif' a dizer 'Portugal não é racista'. Isto não é provavelmente a coisa mais estúpida de sempre? Alguém que não seja ressabiado ou mentecapto consegue defender isto? Se sim, que defenda nos comentários por favor que cá estarei para reconhecer que estou errado, se for caso disso.

  Exaspera-me ver estas odes à estupidez e ver pessoas que em tempos considerei e tive respeito a defender estes anormais, (anormal no sentido figurado, infelizmente são mais normais do que eu gostaria) .

  Uma coisa boa no meio disto tudo, estão identificados e não serão levados a sério. Pelo menos por mim (e espero que haja mais como eu). Três deles nunca foram (Maria Vieira, André Ventura e Mário Machado): a parrachita era actriz de comédia e teve o seu tempo de glória à conta de muitas pessoas que lhe deram a mão e a quem agora ela 'cospe no prato onde comeu'. Nunca a levei a sério, agora que lhe mudaram quem escreve os textos nem sequer tem graça. Ventura, outro palhaço mas ao contrário da parrachita é palhaço amador. Ficou conhecido por comentar futebol, ameaçar de porrada por email e acobardar-se ao vivo, prometer sob palavra de honra e não cumprir, dizer que abdicava disto e daquilo se fosse eleito e não abdicar: o típico 'Chico esperto', nunca enganou ninguém (que não seja mentecapto ou ressabiado, bem entendido).
  Finalmente e para compôr esta trindade, temos o Mário Machado. Alegado assassino e confesso neo-nazi. A ser verdade, a escumalha mais mal cheirosa da nossa sociedade. Quem se puser ao lado deles, está apresentado e faço já o meu diagnóstico selvagem. Mentecapto e\ou ressabiado que acha que os seus problemas e os do mundo são culpa dos outros. De preferência de minorias indefesas, ou pelo menos mais fracas.
  Toda a gente em Portugal percebe o absurdo disto, certo? Como dizia o Bruno Nogueira no "Tubo de Ensaio", isto é como se os taurinos fossem fazer uma 'manif' a dizer 'em Portugal não há carnívoros' , ou como se a Juve Leo, os No Name Boys e os Super Dragões se juntassem para dizer 'em Portugal não há claques'.

  Parece que já estou a ver, algum ser humano inspirado por esta ideia: irá para uma biblioteca e quando as outras pessoas estiverem a ler ele começará a gritar ininterruptamente- AQUI HÁ SILÊNCIO! AQUI HÁ SILÊNCIO!
  Eu estarei ao lado da pessoa que lhe puser firmemente a mão no ombro e lhe disser:

 - Só quando te calares, meu ganda estúpido.


JB

 

* adenda: imagem de Miguel A Lopes\Lusa adicionada a 27 de junho devido ao seu elevado valor simbólico.

5 comentários

  • Imagem de perfil

    JB 26.06.2020

    Olá Kanes, 
    Achei que por esta altura já estivesse claro, eu não escrevo ou deixo de escrever para ganhar simpatias ou evitar antipatias em ‘meios’ nenhuns. Escrevo porque me apetece. Que eu saiba não há equivalente a esta Manif em lado nenhum, nem nunca houve. Se houver diga-me e talvez fale nisso. Começo a notar um padrão nos seus comentários, ah falou disto mas não falou daquilo. É uma falácia, hoje em dia chama-se ‘whatsboutism’ e é uma tentativa vã de diminuir o argumento sem nunca o refutar verdadeiramente. É antiga, está estudada e pelo menos comigo, não resulta. Vamos tentar corrigir isso?
    Grande abraço e obrigado pelo comentário Kanes!
  • Sem imagem de perfil

    Robinson Kanes 26.06.2020

    Olá JB,

    Achei que por esta altura já estivesse claro que não me dirigi a si, mas a uma "multidão". Temo que tenha levado a peito, também tem uma justificação cientifica...

    Agradeço o seu conselho, desajustado e numa clara tentativa de deitar abaixo o comentador que discorda de si e de todos os que o comentaram até agora, a isso chama-se outra coisa, mas é feio dizer aqui... 

    Deixarei que a ciência (tenha eu mais tempo nos próximos dias) e farei questão de lhe responder de acordo... E sem deitar abaixo ou chamar nomes a quem de mim discorda ;-) 

    Mas se é de correcções que falamos, deixe que a liberdade não seja só de um lado e seja também do outro, a isso chama-se muita coisa, mas fico pela nossa lei através da Constituição da República Portuguesa e daquele conceito "giro": respeito! Vamos tentar corrigir isso? Como lhe disse, parece que tenho de ter mais medo de si do que da malta que vai estar na "manif".

    Abraço e bom fim de semana ;-)

  • Imagem de perfil

    JB 26.06.2020

     O lapso foi meu então, mas vai ter que me desculpar e compreender o equívoco. Escrevi um post a falar do absurdo desta Manif, o Kanes responde a esse mesmo post comentando: 
    ´ Só esperava que a revolta que existe em alguns indivíduos contra esta manifestação fosse a mesma aquando de comportamentos anti-democráticos e contra a lei perpetrados por um sem número de indivíduos, muitos deles acicatados por uma extrema-esquerda. Só que uma posição dessas não traz amigos em alguns meios, mesmo que assim se enterre a cabeça na areia e se critique o que há-de vir enquanto no presente se praticam actos violentos num outro quadrante.’
     Achei mesmo que estava a falar para mim. Se não era peço desculpa, e já agora pergunto. Era para quem? (Espero que essa(s) pessoas(s) leiam o blog!).


    Venha de la a ciencia  gosto muito de aprender! Se reparar bem eu não chamo nomes a quem discorda de mim, só mesmo a quem concorda com esta manifestação. Desafiei a demonstrarem que estava errado, até agora népia.


     Não percebi, essa da constituição portuguesa, mas eu estou a dizer a alguém para não falar? Quero proibir alguma coisa? Só estou a desaconselhar falácias, faço isso aos meus melhores amigos. Não me parece nada inconstitucional desaconselhar falácias. A si parece?
    Se fala do conceito de ‘respeito’ da constituição, confesso que não estou familiarizado. Numa nota pessoal, acho muito mais respeitável alguém corrigir-me se eu estiver a usar uma falácia do que ser comparado a um neo nazi. Mas eu compreendo, são opiniões. Estamos a conversar e ninguém tem que pensar da mesma forma.
    Abraço



  • Sem imagem de perfil

    Robinson Kanes 26.06.2020

    Tem toda a razão JB, todos temos muito a corrigir, eu começo já por mim...
    Um Abraço,
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.